Quilombos: o simbolismo da força de séculos dialoga com a decisão do STF

Homenagear postumamente lideranças quilombolas, como Dandara e Zumbi dos Palmares (século XVII), Tereza de Benguela, do Quilombo de Quariterê, MT (século XVIII) e Helen Moreira, do Quilombo Ilha de Vera Cruz, BA; como também, Maria Trindade da Silva Costa, do Quilombo Santana do Baixo Jambuaçu, em Moju, BA, e Raimundo Silva, da Comunidade quilombola do Charco, MA, estes três últimos lideranças assassinadas em 2017, ganha um sentido maior neste mês de fevereiro de 2018...

por Sucena Shkrada Resk - 20/02/2018

//tevê ciranda

Participe da campanha pela finalização do documentário sobre a última colônia da África. Filme também pode sensibilizar o Brasil, que ainda não reconhece a independência do Saara Ocidental

//todas

Quilombos: o simbolismo da força de séculos dialoga com a decisão do STF

por Sucena Shkrada Resk - 20/02/2018

Homenagear postumamente lideranças quilombolas, como Dandara e Zumbi dos Palmares (século XVII), Tereza de Benguela, do Quilombo de Quariterê, MT (século XVIII) e Helen Moreira, do Quilombo Ilha de Vera Cruz, BA; como também, Maria Trindade da Silva Costa, do Quilombo Santana do Baixo Jambuaçu, em Moju, BA, e Raimundo Silva, da Comunidade quilombola do Charco, MA, estes três últimos lideranças assassinadas em 2017, ganha um sentido maior neste mês de fevereiro de 2018...

#Pílulassocioambientais - A arte voltada ao combate ao racismo

por Sucena Shkrada Resk - 07/02/2018

Sensibilidade, criatividade e reutilização de recursos em forma de bonecas artesanais, com um propósito maior: combater o racismo, que nada mais é do que incentivar o respeito às diferenças e valorização das identidades de gênero, cor, raça e cultura...

2018: lixões e aterros controlados, uma realidade ainda gritante no Brasil

por Sucena Shkrada Resk - 26/01/2018

O Ano era 2010, e a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) trouxe a esperança de que a gestão pública brasileira, de uma forma geral, iria se redimir dos sucessivos erros no quesito infraestrutura, ao longo de décadas. Mas do papel à realidade, chegamos em 2018,

Até quando políticos não priorizarão solução para esgoto em agenda da gestão pública?

por Sucena Shkrada Resk - 17/01/2018

Falar sobre a situação do esgotamento sanitário no Brasil é um assunto “espinhoso”, imprescindível, mas que raramente faz parte da pauta de campanhas políticas nacionais, estaduais e municipais e de programas de gestão pública de boa parte de municípios brasileiros.

#Protagonismofemininoindígena: da comunicação à incidência política

por Sucena Shkrada Resk - 05/01/2018

No Brasil e em outros países da América Latina, o papel da mulher indígena se destaca cada vez mais. No universo da comunicação, existe a iniciativa Comunicadoras y Realizadoras Indígenas, que tem incentivado este protagonismo na AL. Em abril passado, uma iniciativa interessante foi a criação da Agência de Notícias de Mulheres Indígenas e Afrodescendentes, a Notimia, no México, que está em pleno vapor. No Peru, está ocorrendo o fortalecimento da Red de Comunicadores Indígenas del Perú. Aqui no Brasil, mídias indígenas também têm consolidado a participação feminina,

Protocolos de consulta de diferentes povos indígenas na Amazônia são instrumentos de luta pelos direitos

por Sucena Shkrada Resk - 11/12/2017

Angela Amankawa Kaxuyana, da TI Kaxuyana Tunayana, do extremo Norte do Pará, atual coordenadora tesoureira da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), fala sobre as principais bandeiras de luta ao blog...

Proibido Proibir: censura em tempos de democracia. Democracia?

por Ciranda.net - 27/11/2017

Debate tratará de casos que vão do teatro e exposições na Bahia aos recentes episódios na UFBA quando professores e estudantes sofreram ameaças por estarem desenvolvendo pesquisas sobre determinados temas.

Vozes do Direito indígena refletem sobre cenário atual

por Sucena Shkrada Resk - 22/11/2017

Compreender os conceitos de bem-viver, de patrimônios imaterial e espiritual, do significado holístico da terra, do ecossistema e do território como casa (mãe “pachamama”) e local sagrado, é o grande desafio das visões herméticas dos Estados que ainda se estabelecem na lógica de commodities e de uma cultura colonizadora por séculos...