Galeria de Vídeos

Lívia Santana Sant’Ana Vaz e o machado de Xangô

Mulher preta, fiscal da lei, que esbanja brilho e intelectualidade na defesa das nossas posições, escudada pelo machado de Xangô, o Deus da (...)

27 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

‘‘Pensando como um negro’’: o que propõe Adilson Moreira?

‘Sou um jurista negro e penso como um negro. (...) minha raça determina diretamente a minha interpretação dos significados de normas jurídicas e (...)

26 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

Vilma Reis é a representação preta do seu povo

Vilma Reis expressa a necessidade de tomada do espaço de poder concentrado em pessoas brancas, e inclusive no campo da esquerda (...)

25 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

O Mestre Jorjão Bafafé

O Terreiro lhe deu régua e compasso, lhe pegou pela mão e foi seu educador e mestre musical

24 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

As lições de Makota Valdina

"Não sou descendente de escravos. Eu descendo de seres humanos que foram escravizados"

23 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

João Alberto não é carne barata do Carrefour

A militância pedagógica se impõe. Eduquemos e alguma coisa nova surge. A coluna de hoje é em homenagem a João Alberto Silveira Freitas e a todas as (...)

20 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

Lazzo Matumbi: a pedra sagrada da Bahia

A abolição chega mais cedo quando Lazzo canta para sua gente.

19 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

Lélia Gonzalez é a primavera da rosa negra

A fala da mulher preta é por ela, e por mais ninguém se legitima, sentencia a mestra Gonzalez.

18 de novembro de 2020, por Franklim Peixinho,

0 | 8 | 16 | 24 | 32 | 40 | 48 | 56 | 64 | ... | 320