Página inicial > FSM WSF > FSM 2011 > Cúpula dos Povos: Articulação D3 e ALOP promovem atividade sobre o papel das (...)

Cúpula dos Povos: Articulação D3 e ALOP promovem atividade sobre o papel das Organizações de Defesa de Direitos

terça-feira 12 de junho de 2012, por ,

A Abong, que faz parte do Grupo de Referência da Articulação D3, coordenará painel que trará visões da África, da América Latina e de redes internacionais de ONGs.

A Articulação D3 – Diálogo, Direito e Democracia e a ALOP – Associação Latinoamericana de Organizações de Promoção – realizam atividade na Cúpula dos Povos, abordando o papel das organizações de defesa de direitos em países emergentes ou de renda média, onde persistem ainda grandes desigualdades e déficits democráticos. O objetivo é compartilhar propostas sobre pautas e estratégias de intervenção social, incidência política, marco regulatório e arquitetura de apoio. O evento, intitulado O novo papel das organizações de defesa de direitos na promoção da justiça social e ambiental será realizado em 18 de junho, das 11h30 às 13h30, na Tenda 1 (Abdias do Nascimento) da Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental.

Durante a atividade, serão apresentadas diferentes experiências e propostas que colocam em destaque o papel da sociedade civil na governança em âmbito nacional e internacional. Kumi Naidoo, Diretor Executivo do Greenpeace Internacional, fará uma exposição sobre a experiência da organização na África do Sul e a temática do desenvolvimento. Nathalie Dupont, Relações Institucionais da Coordination SUD – França, trará a experiência do Fórum Interacional das Plataformas Nacionais de ONGs e os exercícios de diplomacia não governamental. Jorge Balbis, Secretário Executivo da ALOP, trará a experiência do Foro Aberto sobre Efetividade das OSCs, enfatizando a experiência latino-americana. Vera Masagão, da direção executiva da Abong e Articulação D3 fará a coordenação e sistematização dos trabalhos, aportando também a experiência brasileira.

Mais informação sobre as organizações proponentes:

A Articulação D3 Diálogo, Direito e Democracia reúne entidades interessadas em implementar estratégias conjuntas voltadas à sustentabilidade das organizações da sociedade civil, bem como aumentar a influência dessas organizações sobre políticas relacionadas às áreas onde atuam. Aberta à participação de organizações sociais de perfil diverso, a Articulação D3 desenvolve atividades a partir de um pool de instituições conhecidas como “grupo de referência”. Fazem parte desse núcleo a Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), a Fundação Avina, a Fundação Kellogg, o Fundo Baobá para a Equidade Racial e o Instituto C&A. Em dois anos de existência, a Articulação D3 já acolheu cerca de 80 instituições em seus encontros.

A ALOP – Associação Latinoamericana de Organizações de Promoção ao Desenvolvimento é uma associação de ONGs provenientes de vinte países da América Latina e Caribe. Criada em 1979, constitui um dos esforços mais duradouros de integração regional entre organizações sociais. Entre suas finalidades estão a elaboração de propostas de desenvolvimento a partir das experiências de suas associadas, potencializar a efetividade das organizações da sociedade civil e seu diálogo com governos nos âmbitos nacional e internacional.

Mais informações ou assessoria de imprensa

Hugo Fanton

comunicacao@abong.org.br