Página inicial > FSM > FSM 2010 WSF > Relato Ciranda 2010 Janeiro - Abril

Relato Ciranda 2010 Janeiro - Abril

terça-feira 4 de maio de 2010, por Inmidia GT-FSM/WSF-WF, Rita Freire,

Relato das atividades da Ciranda em 2010 por ocasião do Conselho Internacional do FSM realizado no México, no mês de maio

Ciranda deu início ao processo de cobertura do FSM 2010 convidando meios alternativos e comunicadores-as sociais a participar, em Porto Alegre, de uma roda sobre 10 anos de comunicação compartilhada e a dar início às coberturas de 2010.

Para demarcar a priorização do processo rumo a Dakar, Ciranda convidou comunicadores africanos de \Nairóbi, que atuaram no FSM 2007, e de Moçambique, a participar desse debate, iniciar coberturas conjuntas e a conhecer os meios alternativos brasileiros no Fórum Social Mundial evento Porto Alegre, no Fórum Social Mundial evento de Salvador, e movimento de rádios comunitárias, comunicação e cultura em Minas Gerais.

Outra prioridade estabelecida para o ano foi o apoio da comunicação compartilhada ao processo rumo Fórum Mundial de Educação da Palestina, demarcada pela participação remota da Agência de Imprensa Alternativa da Palestina na Roda dos 10 Anos da Comunicação Compartilhada.

Junto com Amarc, Agencia Pulsar, Aler e Abraço, além de representantes do Laboratório de Comunicação Compartilhada Pan-Amazônico e de intercâmbios com publicações como IPS, Adital, jornalistas de Carta Maior, realizou e participou das coberturas escritas de Fórum de Rádios nos primeiros eventos do ano, com uma centenas de artigos publicados

Algumas mídias alternativas que atuaram em conjunto em Porto Alegre também participaram das coberturas do 8 de Março, especialmente acompanhando a caminhada de 10 dias da Marcha Mundial de Mulheres, integrada as agendas do FSM, publicando artigos de participantes.

O evento seguinte na agenda de Ciranda foi o Fórum Social Urbano, organizado como evento paralelo ao Fórum Urbano Mundial, no Rio de Janeiro. Assim como os dois eventos que viriam depois, o Fórum sobre o Clima em Cochabamba e e este Fórum Social Mundial Temático no México, a própria organização desses encontros assumiu a comunicação compartilhada como sua forma de relação com a mídia alternativa, uma pratica que vem se confirmando especialmente na América Latina. Tem sido uma atividade de Ciranda dialogar e apoiar que para que os grupos formados na ocasião dos eventos sigam no processo FSM, participando agora da cobertura compartilhada internacional rumo a Dakar

Ciranda iniciou no último mês a migração de todo seu conteúdo para um novo servidor e seu site está sendo reformulado para permitir ao acesso simultâneo a qualquer das coberturas realizadas ou em andamento no processo 2010. É o que está sendo feito agora no site ciranda.net, já para vibilizar as coberturas desses e dos próximos eventos pelas mídias alternativas, internos à Ciranda ou em plataformas independentes, como deste Tequio, no México, de Minga, no Fórum Social Américas, Flamme d´Afrique em Dakar.

Um encontro da Ciranda em 25 de Abril definiu duas propostas de atividades da comunicação compartilhada rumo a Dakar. Uma delas, a articulação conjunta com a Comunicação do evento FSM 2011, de meios alternativos e comunicadores de países da África e da Diáspora para início de intercâmbio de conteúdos de interesse comum. A outra é a disposição de ajudar a mobilizar meios alternativos e comunicadores sociais para que participem de um debate aberto que seja chamado pelo Conselho Internacional sobre a continuidade da construção da política de comunicação do Fórum Social Mundial,