Página inicial > BRASIL > Proibido Proibir: censura em tempos de democracia. Democracia?

Proibido Proibir: censura em tempos de democracia. Democracia?

segunda-feira 27 de novembro de 2017, por Ciranda.net,

Debate tratará de casos que vão do teatro e exposições na Bahia aos recentes episódios na UFBA quando professores e estudantes sofreram ameaças por estarem desenvolvendo pesquisas sobre determinados temas.

O programa Polêmicas Contemporâneas da UFBA debate nanesta próxima segunda feira (27), a partir das 19 horas, no auditório Leopoldo Amaral, na Escola Politécnica da UFBA (Federação), a censura nos dias de hoje com o tema: Proibido Proibir: censura em tempos de democracia?

O debate tratará de questões ligadas à proibição de peças de teatro e exposições na Bahia e no Brasil, mas também os recentes episódios na UFBA quando professores e estudantes foram até ameaçados de morte e sofreram ameaças por estarem desenvolvendo pesquisas sobre determinados temas. Esse último caso, amplamente divulgado pela imprensa e redes sociais, gerou um manifestação da UFBA, aprovada por unanimidade no Conselho Universitário, contra qualquer tentativa de “cerceamento de todo um campo de produção do conhecimento científico no qual a Universidade Federal da Bahia é, há décadas, referência, a saber, os estudos sobre gênero, diversidade, mulheres e feminismo.”

O debate será aberto com uma participação especial em vídeo, direto de São Paulo, da atriz transexual Renata Carvalho, que atuou na peça “O Evangelho segundo Jesus: Rainha do Céu”, integrante do Festival Internacional de Artes Cênicas (FIAC), proibida de se apresentar dia 28 de outubro passado no Espaço Cultural Barroquinha por determinação do juiz da 12ª Vara Cível de Salvador.

Estarão presentes o gestor Cultural do Espaço Cultural Barroquinha, Chicco Assis, a mestre Carla Freitas, que sofreu ameaças por pesquisar Infância e Gênero no programa de Pós graduação PósCultura/UFBA, o diretor de teatro e ex Secretário de Cultura do Estado da Bahia, Marcio Meirelles, Larissa Fulana de Tal, cineasta, produtora e ativista integrante do coletivo Tela Preta, e um representante da Ordem dos Advogados do Brasil Seção do estado da Bahia (OAB Bahia).

Polêmicas Contemporâneas é promovida pela Faculdade de Educação sendo oferecida para todos os cursos da UFBA, aberta à participação da sociedade tanto presencialmente como através das redes sociais e das transmissões ao vivo através do site www.polemicas.faced.ufba.br.

A participação é livre, sem necessidade de inscrições prévias nem pagamento de taxas.

Polêmicas Contemporâneas tem o apoio da SBPC, CNPq e da Educadora FM e TVE Bahia.