Página inicial > FSM/WSF 2015 - TUNIS > Homenagem à Malunga Tereza

Homenagem à Malunga Tereza

terça-feira 25 de agosto de 2015, por Aline Baker,

Registro fotográfico do evento das Estéticas Periféricas produzido por Gal Souza (Ciranda Afro e Ação Educativa)

A programação celebrou parte da obra da homenageada com a exibição da gravação da peça Olhos d’agua, onde Thereza atua interpretando sua própria história como revolucionária na Guiné Bissau em luta pela libertação.

Na sequência a atriz Nádia Bittencourt e o ator William Simplício com a direção e adaptação de Lucélia Sergio da peça "E....agora falamos nós", fizeram a leitura dramatizada. Esta peça foi escrita em 1970 por Thereza Santos e Eduardo Oliveira e Oliveira e retrata a realizado dos africanos escravizados no Brasil.

Por fim o coreógrafo e bailarino Ismael Ivo, apresentou um solo chamado Ode para o Rei de Harlem, solo esse dirigido por Thereza Santos para apresentação nos festivais de cultura afro brasileiro na década de 1980.

No final aconteceu um breve bate papo com a socióloga Gevanilda Santos, a produtora do evento Gal Souza e o coreógrafo Ismael Ivo.