Página inicial > BRASIL > 8M pelo Brasil

8M pelo Brasil

terça-feira 7 de março de 2017, por Ciranda,

Confira alguns locais e horários de manifestações nos Estados neste 8 de Março de luta por direitos, contra a viollência e os retrocessos. Brasileiras também se conectam com a paralisações internacionais por um feminismo para os 99%.

Este 8 de Março, Dia Internacional das Mulheres, carrega o sentimento de que os atos e marchas pelos Estados brasileiros também fazem parte de uma mesma convocatória, mundial, que unifica as vozes das ativistas do movimento Ni Una Menos, da Argentina, com a de Ângela Davis, nos Estados Unidos. Mas também é um dia dedicado à luta contra os retrocessos em curso no Brasil.

Em diversas capitais, manifestantes levantarão bandeiras contra a Reforma da Previdência, que afeta violentamente as mulheres, especialmente as trabalhadoras rurais. Também reforçarão campanhas históricas contra a violência, a criminalização do aborto, a desigualdade salarial, o machismo, o patriarcado, o fundamentalismo.

Tais lutas farão parte de uma uma paralisação internacional de mulheres, que se colocam no enfrentamento aos governos conservadores, com marchas contra Macri na Argentina, contra Temer no Brasil, contra Donald Trump, nos EUA, e que devem se espalhar especialmente pelas Américas, onde convocatórias tem se reproduzido nos últimos dias. .

As ativistas dos EUA defendem um feminismo para os 99% da população, as argentinas se erguem contra o feminicídio, as brasileiras lutam por direitos básicos, contra a violência e em defesa da democracia.

Confira locais e horários das manifestações e marchas em algumas capitais e cidades brasileiras:
Rio de Janeiro/RJ - Candelária, 16h
Belo Horizonte/MG - Praça da Liberdade 15h30
Belém/PA - Largo do Redondo 9h
São Paulo/SP - Praça da Sé 15h
Natal/RN - Câmara Municipal 8h30
Porto Alegre/RS - Esquina Democrática 17h
Florianópolis/SC - INSS da Rua Felipe Schmidt 13h
Recipe;PE - Parque 13 de Maio, 14h30
Salvador/BA - Praça da Piedade - 173h
Manaus/AM - Praça da Saudade 15h
Curitiba/PR - Praça Santos Andrade 17h
Goiânia/GO - Praça dos Bandeirantes - 18h
Fortaleza/CE - Praça da Imprensa - 8h
Roraima/RO INSS na Av. Glaycon de Paiva - 8h
Cuiabá/MT - Praça Ipiranga- 16h
Brasiília/DF - Museu Nacional - 16h
Petrópolis/RJ - Praça da Inconfidência 17h30
Ribeirão Preto/SP - Prefeitura - 16h
Campinas/SP - Praça José Bonifácio (frente à Catedral) Centro -16h
Uberlância/MG - Praça Tubal Vilela - 17h
Santarém/PA - Ufopa Campus Amazônia - 17h
Americana/SP - Praça Comendador Mülller - 19h
Rio Claro/SP - Jardim Público - 17h